Segredos para um pudim perfeito

O pudim é uma sobremesa tradicional, simples de fazer e que sempre tem lugar reservado na mesa das famílias brasileiras. A receita feita com LEITE MOÇA é a mais famosa e, além de ser deliciosa, tem variações, podendo ser feita de pão, de tapioca, de chocolate, entre outros.

Se você está pensando em preparar um pudim, no post de hoje você encontra algumas dicas que podem fazer toda a diferença no resultado final de sua receita!

Furinhos no pudim
O que define se o pudim vai ou não ter furinhos não é o tempo que ele é batido no liquidificador, e sim a temperatura da água do banho-maria na qual o pudim é preparado.

Quem gosta de um pudim sem furinhos, deve prepará-lo em fogo médio (180°C) por cerca de 1 hora e 30 minutos e controlar para que a água do banho-maria não borbulhe. Já para quem prefere pudim bem furadinho, a água do banho-maria precisa borbulhar. Para isso acontecer, asse o pudim em uma temperatura mais alta (acima de 200ºC).

O segredo para saber se ele está assado é espetá-lo com uma faca. Não é necessário afundá-la até o final da forma, apenas a ponta. Se, ao retirar, a faca estiver limpa, significa que o pudim está pronto. Se ela sair com líquido ou creme, ele precisará ser assado um pouco mais.

Dica: não se baseie pela consistência do pudim para saber se ele está pronto. Como ele está aquecido, pode parecer mole e dar a impressão de que não assou, no entanto, ao esfriar, estará no ponto.

INGREDIENTES
Calda:
1 xícara (chá) de açúcar

Pudim:
1 Leite MOÇA® (lata ou caixinha)
2 medidas (da lata) de Leite Líquido NINHO Forti+ Integral
3 ovos

MODO DE PREPARO
Calda:
Em uma panela de fundo largo, derreta o açúcar até ficar dourado. Junte meia xícara (chá) de água quente e mexa com uma colher. Deixe ferver até dissolver os torrões de açúcar e a calda engrossar. Forre com a calda uma forma com furo central (19 cm de diâmetro) e reserve.

Pudim:
Em um liquidificador, bata todos os ingredientes do pudim e despeje na forma reservada. Cubra com papel-alumínio e leve ao forno médio (180°C), em banho-maria com água quente, por cerca de 1 hora e 30 minutos. Depois de frio, leve para gelar por cerca de 6 horas. Desenforme e sirva a seguir.

DICAS:
- É importante que a água utilizada no banho-maria esteja quente, para melhor cozimento do pudim.
- É essencial que o pudim seja preparado em banho-maria para que asse de forma lenta e controlada, para atingir a textura ideal.
- Para que o seu pudim não forme furinhos, verifique se a temperatura do forno está regulada conforme indicação da receita. Leve a forma ao forno na grade superior, longe da chama.

 

Compartilhar:

Comentários

  1. Elis Salles

    Jundiaí-SP

    ORGANIZAR É CONVIDAR O ESSENCIAL PARA ENTRAR. É através do nosso propósito que encontramos soluções e sentimento de realização.

Deixe seu Comentário

Refúgios no Interior de SP

"Viajar é fazer escolhas!"

Nós seguimos mudando. Às vezes com uma frequência assustadora, mas sempre com um aprendizado a carregar. Se você tivesse todo o dinheiro que necessita e todo o tempo que sonha agora mesmo, para onde viajaria?

Encontre o Seu Refúgio

Tão importante como viajar é o processo de programar a sua viagem! Escolha onde ficar, onde visitar e onde comer no REFÚGIOS NO INTERIOR